INSTITUTO BRASILEIRO DE TERAPIAS ALTERNATIVAS
(19) 3844-8316  /  (19) 99678-1506  /  Paulínia-SP
Voltar
DÚVIDAS



Contato
IBOGAÍNA: Incerteza do amanhã
No ano de 2017 nós do IBTA infelizmente nos deparamos com inumeros casos de pessoas que enquanto transcorriam em negociações para o tratamento do vicio nos surpreenderam com informações tais como:

  • Ele foi preso
  • Ele faleceu
  • Ele suicidou
  • Ele teve over dose

-É muito triste quando estamos conversando com uma pessoa de forma a lhe dar esperança em meio a tanto sofrimento e termos que assumir a dura realidade que é tarde demais.
 
Além dessas situações acima citadas tão recorrentes hoje em dia, devo-lhe alertar quanto a importância sábia e rápida pois as previsões pela alta do dólar,  que segundo alguns economistas passará dos 5,00 (cinco reais), e aos nos lembrar nos de que há menos de 30 dias atras estava aproximadamente 3,30 (três reais e trinta centavos) isto impacta diretamente no custo do tratamento por ibogaina devido esse medicamento ser importado pelos interessados com seu preço atrelado ao dólar.

Acreditamos que essas previsões dos economistas se concretizarem assim  os tratamentos por ibogaina sofreram reajustes superiores a 20%, ou seja, passará dos 9.000,00 (nove mil reais) È por isso que temos recebido um numero cada vez maior de pessoas buscando garantir seus tratamentos para  não terem que pagar  mais pelo mesmo.

Uma última observação que nos preocupa quanto ao futuro da ibogaina no mundo é que este arbusto leva-se até 10 anos para ter na casca de sua raiz princípios ativos - ibogaina de qualidade e com o aumento da demanda devido ao crescimento do vicio no mundo, e devido extração criminosa, de arbustos jovens e de baixa qualidade  existe a possibilidade da extinção  da ibogaina. no mundo. Por isso foi criado o tratado de Nagoya do qual o Brasil faz parte e que visa a preservação da biodiversidade.
O que pode  levar o Brasil a   restringir o acesso a ibogaina.Tendo o risco da extinção da única forma de tratamento realmente eficaz ao combate a adicção.

Nós da família do IBTA nos colocamos a disposição para qualquer duvida,
Voltar
Como convencê-lo a se tratar

Essa é a pergunta que muitos nos fazem às vezes porque o adicto não acredita  ou às vezes porque não quer.

Em primeiro lugar nossa recomendação é:

Que tente avaliar de forma consciente se a resistência dele é:- por não acreditar que pode se recuperar da doença, medo de se frustar em mais tentativa diante de tantas já feitas, resistente a ajuda por estar entregue ao vicio....

O segundo passo é entender que pela legislação do nosso país o dependente químico é considerado imputável ou seja, não responde por si mesmo devido ao fato de sua doença o que torna os pais, cônjuges, irmãos etc... responsáveis legais pela saúde segurança e dignidade do dependente químico que nesse caso é você o responsável. Tratando-se ainda de uma doença enquadrada no CID 19 é considerada progressiva e fatal, não podemos deixar que alguém imputável e gerando riscos para si e para os outros tome a decisão de se auto destruir sem que seus responsáveis legais façam nada.

Terceiro passo levando-se em consideração o acima citado é assumir a responsabilidade que nos cabe como responsáveis legais, porém dando a ele a opção de escolher portanto pergunte-lhes:

Visto que do jeito que você é para onde você está indo não dá pra continuar, o que você escolhe?

Tratamento por um período aproximado de 6 meses ou se tratar com ibogaína durante 5 dias?

Nota: As opções dele uma ou outra, não permita ou considere que ele continue com o mesmo comportamento sem escolher umas das opções, até porque você está lidando com uma doença que gera risco de vida.

Esperamos através deste artigo lhe ajudado e nos colocamos a sua disposição nesse quesito.


Veja mais de nossos artigos, clique aqui!

Voltar
Consigo comprar ibogaína?

Devido à grande repercussão com o tratamento com ibogaina vem se multiplicando sites, e aplicativos que prometem vender ibogaina, porém, infelizmente a maioria destes não atestam sua procedência e nem disponibilizam O que é ibogaina laudo químico, físico, nem certificado fito-sanitário do produto, o que obviamente põe em cheque a qualidade da suposta ibogaina além de ficar a dúvida até que ponto esses produtos são realmente ibogaina.

A legislação brasileira permite a compra de ibogaína, porém, de um médico qualificado seu tratamento não é tão simples como se tratar com qualquer outro fitoterápico, visto que para a segurança do tratado se faz necessário um ambiente controlado sob a supervisão de um médico qualificado necessidade de exames prévios ou seja um tratamento seguro e eficaz de ibogaína nunca deve ser feito sozinho em casa.

Para compra da iboga precisa-se em primeiro lugar consultar uma instituição idônea e experiente neste tipo de tratamento e em seguida sendo esta instituição idônea ela lhe orientará e ou intermediará sua importação para seu uso e finalidade individual. Desta forma você estará adquirindo um produto recomendado por uma instituição qualificada e conhecedora do que é seguro e melhor para seu tratamento.

Então podemos concluir que quem oferece a vende de ibogaina sem certificar se você tem uma estrutura de profissionais aonde usar a ibogaina e ao mesmo tempo não apresentam um laudo físico químico que garante que o produto é ibogaina além de um laudo fitossanitário para garantir a qualidade do produto ou mesmo uma clínica de ibogaina instituto de ibogaina  ou mesmo hospital que trate com ibogaina e o mesmo não cumprem com as RDCS que autorizam a importação da ibogaina, você poderá ter certeza de que est á diante de fraudes.

Lembrando que a ibogaína no Brasil é permitido importar e ser tratado com ela, porém é proibido que qualquer site empresa ou pessoa física comercialize ou produza este produto em território nacional, para maiores esclarecimentos nós do IBTA estaremos a sua disposição.
Voltar
Garantias do tratamento com ibogaína

A Ibogaína a exemplo de todos os tratamentos na área de saúde é de meios não de fins ou seja conforme comprovação científica da universidade de SP publicada no jornal, a Ibogaína recupera estatisticamente mais pessoas do que outros métodos. No entanto, para que o paciente esteja entre os 70% dos pacientes recuperados o mesmo tem que se comprometer a seguir orientações durante o tratamento e pós.

Alguns nos perguntam se após o tratamento ele pode vir ou não ter recaídas. É claro que recaída é possível porém, mesmo que ocorra no método convencional o mesmo teria que voltar a ficar 06 meses internados e gastar valores exorbitantes com isso, sem contar ainda com o retrocesso social familiar e profissional de tanto tempo internado.

Por outro lado caso em algum momento da vida ocorra uma recaída após tratamento com Ibogaína, desde que o mesmo esteja comprometido, basta fazer um reforço com duração média de 72horas de baixo custo, de forma a não comprometer tudo que ele conquistou até a recaída.

Quanto a segurança do tratamento, dispomos de médico com experiência Intensivista, terapeutas, enfermagem, psicólogos, equipamentos como monitores cardíacos, equipamento para Emergência, UTI móvel, tudo em coerência documentada em manual de boas práticas, junto a VISA de Paulínia.

Tomo a liberdade de convida-los a fazer uma visita e comprovar tudo que digo que somos a escolha certa para vocês.

Alberto
Psicólogo do IBTA

Voltar
__wf__arquivos/imagens/renascer.jpg